Como a meditação pode ajudar crianças a regular suas emoções?

Estudos recentes têm demonstrado que pessoas que meditam vivem em média 9 anos a mais, estabelecem relacionamentos mais saudáveis, vivenciam maior bem estar e são mais felizes. E isto não é diferente com crianças!

Ao introduzir o hábito da meditação à vida das crianças proporcionamos a elas o aprendizado e desenvolvimento de diversos aspectos e habilidades importantes que levarão para sua vida, como a atenção, a concentração e o foco, e principalmente a regulação emocional.

Isto tudo é importante nesta etapa da vida, pois é ainda quando crianças que se desenvolvem diversas áreas do cérebro, como por exemplo: o hipocampo, região que desempenha papel central na memória e regulação emocional; e o córtex pré-frontal, responsável pela atenção e seleção dos estímulos que serão percebidos, para que em seguida sejam tomadas as decisões.

É quando crianças que aprendemos a ver o mundo, a perceber os estímulos externos, compreender as situações que nos cercam e interpretá-las, e principalmente a perceber o que acontece dentro de nós mesmos, quais são as nossas emoções e sentimentos e o motivo pelo qual os estamos a sentir.

A maneira como lidamos com eles e os comportamentos que decidimos tomar a partir dessa percepção faz parte do que entendemos por regulação emocional. A regulação emocional é, portanto a capacidade que o indivíduo tem em regular suas emoções e atitudes frente às situações do contexto, age como uma estratégia de enfrentamento do próprio organismo em retornar a um estado de equilíbrio interno (homeostase).

Aprender esta habilidade desde a infância contribui de forma fundamental à vida adulta, já que é também durante esta fase da vida que começa a ser construída a identidade, que irá se consolidar ao final da adolescência. Compreender e aprender a lidar com as emoções, que atitudes tomar e quais estratégias funcionam a cada um frente àquilo que sentem internamente, irá contribuir à formação da imagem que tem sobre si mesmos e da auto estima, aspectos essenciais à formação da identidade.

Neste sentido, a prática de meditação Mindfulness irá buscar estimular a ampliação da consciência das crianças, através de práticas de meditação e também por meio de atividades lúdicas que visam o trazer sua presença atenta ao aqui e agora, e trabalhar a consciência de si mesmos, e também do meio externo no momento presente. Perceber e aceitar as emoções é o primeiro passo para aprender a melhor lidar com elas, e assim, aos poucos elas desenvolvem a inteligência emocional.

A este respeito, o curta metragem “Apenas Respire” nos mostra e ensina quão fundamental e benéfica a meditação pode ser à vida das crianças e à sua regulação emocional. Confere com a gente:

#psicologiamindfulness #mindfulnessinfantil #mindfulnessparacrianças #atençãoplenaparacrianças

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square